MUNDO

11/2/2020  09:07:01

 

Por que brasileiros estão comprando imóveis em Portugal?

Por: da Redação

 

O que muitos julgavam ser uma bolha, não se confirmou. As vendas de imóveis continuam crescendo, tanto em número de unidades, como em volume de dinheiro transacionado, com destaque para os estrangeiros que têm investido cada vez mais em Portugal. A avaliação é da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (Apemip).

 

Em 2018, de acordo com a associação portuguesa, a compra e a venda de casas em Portugal geraram um investimento de 26,1 bilhões de euros. Este valor representa um aumento de mais dois bilhões de euros em relação a 2017, um crescimento de 7,5%.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No mesmo ano, os estrangeiros foram responsáveis por cerca de 13% (3,4 bilhões de euros) do total dessas transações. Na liderança, os franceses, que compraram cerca de 5.600 imóveis (28,2% do total), seguida dos britânicos (com cerca de 3.000 imóveis, 14,9%). Os brasileiros apareciam em 5º lugar, com 4,9% do total de imóveis. A situação muda um pouco quando se considera o volume de dinheiro investido e aí os brasileiros saltam para a 3ª posição, com 8,3% do bolo.

 

Cresce participação de brasileiros

   

Os números de 2019 ainda não estão fechados, mas os resultados do primeiro semestre surpreendem, diz a entidade. Segundo a Apemip, os franceses continuam na frente, com 21%. Mas os brasileiros já empatam com os britânicos com 18%.

 

Para Pati Lemos, consultora imobiliária e influenciadora digital, que tem 125 mil seguidores em seu Instagram @voumudarparaportugal e especialista em relocation para brasileiros, os números confirmam uma tendência que ela observa todos os dias. “Cada vez mais brasileiros de médio e alto padrão têm se mudado para Portugal, fugindo da violência dos grandes centros urbanos e em busca de mais qualidade de vida”, afirmou a blogueira.

 

A influenciadora digital aponta outros fatores para esse crescimento recente: “estes brasileiros descobrem que é possível comprar um imóvel em Portugal com taxas de juros baixíssimas, em torno de 1% ao ano, financiando até 80% do imóvel, e com uma burocracia muito menor que no Brasil. Dependendo da situação, o valor que se vai pagar de financiamento pode ser menor que o valor de um aluguel, com a vantagem de que é um patrimônio seu”, disse.

 

Lemos acredita que muitos estão buscando imóveis não só para moradia, mas também para investimento. “Com o boom do turismo, a procura pelos imóveis para locação de curta temporada cresceu muito. Mas os brasileiros precisam ficar atentos, pois algumas cidades como Lisboa e Porto têm criado áreas de contenção, restringindo novas licenças para alojamento local,” alertou a consultora imobiliária.

 

Barômetro semestral elaborado pelo portal imobiliário Imovirtual mostra que a perspectiva ainda é bastante positiva. O indicador registrou um aumento de 9% no preço dos imóveis em Portugal, entre dezembro de 2018 e dezembro de 2019.

Divulgação

Segundo a Apemip, os franceses continuam na frente, com 21%. Mas os brasileiros já empatam com os britânicos com 18%

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Banner Empreiteira FM 1 (420x240).jpg

PUBLICIDADE

Banner_Santana_-_Serviços_Tercerizados.j
Banner_França_-_145x240.jpg

Anuncie | Conheça a Folha do Condomínio | Fale Conosco | Cadastre-se
© Copyright 2009. Folha do Condomínio. Todos os direitos reservados
Artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da Folha do Condomínio OnLine