MERCADO

27/8/2020  08:34:32

 

Aumenta também a inadimplência na taxa condominial em SP

Por: da Redação

 

Segundo levantamento do Secovi-SP, com 1.084 ações na Justiça, a falta de pagamento do condomínio é a maior desde agosto de 2018, quando ocorreram 1.093 processos na Justiça

 

EVOLUÇÃO MENSAL DAS AÇÕES POR FALTA DE
PAGAMENTO DO CONDOMÍNIO NA CAPITAL DE SP

 

 

 

 

 

 

 

 

Em novo levantamento, agora, sobre as dívidas da taxa condominial, o sindicato das imobiliárias de São Paulo apurou, junto ao Tribunal de Justiça do Estado (TJ-SP), a alta no número de ações por não pagamento do condomínio na capital. Segundo o Secovi-SP, em julho, foram ajuizadas 1.084 ações por inadimplência da taxa, 22,2% a mais que os 887 processos ajuizados em junho deste ano. Comparado a julho de 2019, com 775 ações, o aumento foi de 39,9%.

Para Moira de Toledo, diretora executiva de Condomínios do sindicato, o aumento em julho ocorreu em consequência do represamento das ações em abril, maio e junho, por conta das dificuldades de pagamento do condomínio durante a pandemia do novo coronavírus. 

 

Nos primeiros sete meses de 2020, foram protocoladas 5.539 ações, queda de 2,7% na comparação com o ano anterior, que registrou 5.693 casos. Nos últimos 12 meses, de agosto de 2019 a julho de 2020, as 10.228 ações registradas representaram aumento de 3,9% em relação ao período de agosto de 2018 a julho de 2019, quando foram ajuizadas 9.846 ações.

“Embora a crise provocada pela pandemia da Covid-19 tenha nos preocupado em relação a eventual aumento da inadimplência na cidade de São Paulo, ela não aconteceu. Trabalhamos com os mesmos níveis de 2019”, afirmou Moira, acrescentando que as empresas têm feito o controle muito mais de perto e em menor periodicidade.

Fonte: Secovi-SP

Banner_França_-_145x240.jpg

Anuncie | Conheça a Folha do Condomínio | Fale Conosco | Cadastre-se
© Copyright 2009. Folha do Condomínio. Todos os direitos reservados
Artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da Folha do Condomínio OnLine