CIDADES

14/9/2020  09:47:11

 

Futuros moradores e o planejamento na rotina de uma construtora

Por: da Redação

 

Construtora tira dúvidas sobre adiamento nas parcelas de financiamento da Caixa, pagamento de entrada e entrega das chaves

 

“Meu apartamento vai ficar pronto? Quando posso fazer a visita e pegar as chaves? O financiamento pela Caixa Econômica Federal vai ser pausado ou adiado?” Essas e outras dúvidas têm sido frequentes nas plataformas de atendimento de construtoras e imobiliárias nas últimas semanas.  Co-presidente da Valor Real Empreendimentos, Antonio Lage procura esclarecer os principais pontos que estão alterando a rotina e o planejamento dos futuros moradores de imóveis durante a quarentena do coronavírus.

 

“Quando a quarentena começou, chegaram os primeiros questionamentos sobre obras paradas e juros de obras, que são cobrados pela Caixa. Na semana passada, saiu o comunicado oficial da instituição informando que, além de pausar as prestações de financiamento, os clientes podem pausar os juros de obra. Basta acessar o aplicativo da Caixa, colocar o número do contrato (quem não tiver, é só pedir para o corretor ou construtora) e conferir”, disse Lage.

 

Lage faz uma ressalva: os clientes que assinaram contrato em março ou início de abril ainda não conseguem pausar os juros de obra, pois a cobrança ocorre em 30 dias. “Quando o contrato for registrado em cartório pela construtora, a pausa poderá ser solicitada. Isso deve ocorrer esta semana, com a reabertura dos cartórios de registro de imóveis. O objetivo da Caixa é dar fôlego para os clientes neste momento delicado. Tendo outras dúvidas, a melhor fonte é sempre o site e o aplicativo da Caixa, mas toda equipe da Valor Real está a disposição”.

 

Por enquanto, a prorrogação oferecida pela Caixa nas parcelas de financiamento será de até 90 dias. Ou seja, até três prestações. E isso vale não só para financiamento habitacional, mas CDC (Crédito Direto Caixa), crédito pessoal, renegociação e microcrédito: tudo com 90 dias de pausa.

 

A construtora lançou mais um canal de comunicação com seus clientes e público em geral, por meio de uma live em seu perfil no Instagram (@vrcnstrucoes), com a participação de mais de 600 clientes. Confira abaixo outras dúvidas frequentes:

 

Paralisação e retomada de obras

 

A empresa foi uma das construtoras que resolveu paralisar os canteiros de obras, apesar da liberação do setor pelo decreto do governo do estado, que o enquadra como atividade essencial. Houve uma paralisação de duas semanas entre os dias 23 de março e 5 de abril e as obras serão retomadas nesta semana, mantendo o setor administrativo em home office.

 

“Ainda existe uma incerteza muito grande em relação ao Coronavírus e às medidas de prevenção, mas uma série de protocolos da indústria da construção civil está sendo elaborada pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção, em conjunto com os sindicatos patronais e de empregados, para permitir o andamento seguro dos trabalhos e para que os canteiros de obras não se tornem focos de disseminação da doença. Todos os funcionários que pertencem aos grupos de risco permanecerão afastados. Seguiremos com afinco as recomendações de higiene pessoal e de distanciamento entre os trabalhadores”, pontuou.

 

Visitas e entregas de chaves

 

Haverá impacto na entrega das chaves e agendamento de visitas e vistorias nas unidades, devido ao isolamento social, mas este impacto será pequeno, já que todas as obras estão muito adiantadas. “Nossa previsão é de um atraso estimado de 20 dias na conclusão das obras para os empreendimentos com entrega para 2020. Para os residenciais que previstos para 2021 e 2022, esse atraso tende a ser recuperado no decorrer dos próximos meses e provavelmente não haverá qualquer alteração”.

 

O agendamento de visitas está suspenso momentaneamente, para evitar aglomeração de clientes. “Nesse momento de pandemia, é preciso paciência. Será feito no momento oportuno para garantir as necessidades e expectativas de todos”, afirmou Lage.

 

O andamento de cada obra pode ser acompanhado nos tours virtuais de drones que a construtora atualiza mês a mês em seu site.  Para outros questionamentos e dúvidas pontuais, a equipe comercial da construtora está disponível pelo chat do site da construtora.

Ilustração / Magal

“Quando a quarentena começou, chegaram os primeiros questionamentos sobre obras paradas e juros de obras, que são cobrados pela Caixa", disse Lage

Banner_França_-_145x240.jpg

Anuncie | Conheça a Folha do Condomínio | Fale Conosco | Cadastre-se
© Copyright 2009. Folha do Condomínio. Todos os direitos reservados
Artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da Folha do Condomínio OnLine