SEGURANÇA

Banner Gif Elev Finalizado.gif

PUBLICIDADE

5/6/2022      17:41:43

 

 

O carro elétrico e a segurança da sua recarga no domicílio

Por: da Redação

 

Afinal, é possível carregar o carro elétrico na tomada comum? O carregamento dos carros elétricos não tem segredo, porém, algumas medidas podem evitar problemas e trazer mais segurança para os consumidores

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em crescimento no mundo, as vendas de carros elétricos bateram novos recordes em 2021, aponta a Agência Internacional de Energia (AIE), que também constata a manutenção do crescimento global este ano. Contudo, a mesma entidade afirma que para garantir tal performance são necessários mais esforços para diversificar a fabricação de baterias e suprimentos minerais essenciais, reduzindo os riscos de gargalos e aumentos de preços.

 

No Brasil, embora, menos de 0,5% das vendas de carros sejam elétricos, muitos brasileiros estão adotando os modelos elétricos e híbridos. Dados da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE) mostram que, somente no primeiro trimestre deste ano, houve um aumento de 115% na venda de automóveis elétricos no País. Porém, o carregamento ainda é um fator de dúvidas para muitos.

 

A ABVE mostra que por aqui a venda dos modelos eletrificados leves aumentou 78% nos primeiros quatro meses de 2022, em relação ao mesmo período no ano passado. Porém, por se tratar de nova tecnologia, ainda há muitas dúvidas em relação ao carregamento desses veículos. Afinal, é possível carregar o carro elétrico na tomada de casa?

 

A resposta é sim. De acordo com Ricardo David, engenheiro elétrico, sócio-diretor da Elev, empresa que desenvolve soluções para todo o ecossistema da mobilidade elétrica, algumas ações precisam ser tomadas antes de carregar os automóveis elétricos, como a verificação técnica da estrutura elétrica e a instalação de carregadores domiciliares. A esse respeito o especialista destacou alguns tópicos aos quais os motoristas devem atentar antes de carregar o automóvel:

 

Carregamento na tomada de casa

 

É possível carregar o veículo elétrico diretamente na tomada convencional da sua residência. Porém existem cuidados. David explicou que, por meio de “wallbox”, o carregador dos veículos elétricos, é possível reduzir o tempo de recarga, por exemplo.

 

“Considerando a tensão normal das residências, de 110 volts aterrados, você poderá levar mais tempo, o que em alguns casos pode ser algo em torno de 60% a mais no período de recarga. O recomendado é carregar os veículos em tomadas de 220V e, de preferência, aterradas - para que não haja riscos de incêndios ou curto-circuitos”, afirmou o especialista.

 

Nos Condomínios


De acordo com David, nos condomínios, o debate deve envolver todos os moradores. “Você pode ter carregadores privados, que podem ser solicitados por um morador em específico, ou você pode prestar o serviço de carregamento de forma coletiva. Atualmente, os carregadores mais modernos, além da segurança e do baixo custo de manutenção, também apresentam estatísticas de uso, que podem ser ferramentas úteis no compartilhamento”, afirmou o sócio da Elev.

 

Para o especialista, o conceito é similar ao aplicado em outras áreas comuns, como quadras esportivas e piscinas, em que há um controle de horas, por meio de cronogramas de uso, em que “o proprietário do veículo poderá ter a segurança de carregar seu veículo em casa, e utilizar o carregador para controlar o tempo usado e pagar pelo que ele consumiu”, destacou.

 

Análise técnica antes do carregamento

 

Um dos problemas mais comuns no Brasil, quando tratamos de carregamento de veículos eletrificados, está na infraestrutura de distribuição da energia, principalmente, em imóveis mais antigos. David argumenta que a melhor opção, se você tiver dúvidas se a sua residência está preparada para receber o seu carro elétrico, é buscar a análise de um profissional.

 

E os carregadores?

 

Além da diminuição do tempo de recarga, os carregadores de automóveis elétricos também trazem mais segurança para os consumidores. Porém, mesmo no caso dos “wallbox” é importante a análise técnica para a sua instalação, algo que evita futuros problemas de distribuição de energia na sua casa.

 

“Uma das grandes vantagens desses carregadores é o fato deles possuírem uma instalação elétrica própria, algo que dá mais segurança para os consumidores. Além disso, eles funcionam com voltagens variadas (de 220v a 380V) e com correntes que variam entre 16A e 32A.”

 

Baterias dos carros elétricos

 

Outro ponto importante a ser destacado é a segurança das baterias dos carros elétricos. O diretor da Elev dise que não há motivos para se preocupar com elas. Além disso, segundo estudo realizado pela Universidade de Tecnologia de Graz, na Áustria, as baterias se tornam cada vez mais seguras durante o tempo. A análise constatou que as acelerações e vibrações do veículo não afetam o comportamento e nem o desempenho durante a utilização.

 

Recomendações

 

Se você busca o conforto e o impacto zero no meio ambiente, algo que somente os veículos eletrificados podem proporcionar, sua única preocupação é a análise técnica do ambiente de carregamento. Assim, poderá evitar problemas futuros e desfrutar de todos os benefícios do automóvel elétrico.

 

Sobre a Elev

 

Desde 2021, a empresa oferece ao mercado soluções para o ecossistema de  mobilidade elétrica, entre eles, o aplicativo que indica os eletropostos pelo País, até a implantação de pontos de carregamento elétrico e atuação em Pesquisa e Desenvolvimento.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • https://www.linkedin.com/company/72259547/admin/

Ilustração (Arquivo)

O carro elétrico e a segurança da sua recarga no domicílio (Ilustração-Arquivo).jpg

No condomínio, David destacou que você pode ter carregadores privados, que podem ser solicitados por um morador em específico, ou o serviço pode ser prestado coletivamente

PUBLICIDADE

Banner Dado 6.jpg
Banner Sicon - vertical.jpg

PUBLICIDADE

Banner Elev - Gif Animado - Tamanho Site.gif
Banner Festa em Papel (135x250).jpg
Banner_França_-_145x240.jpg

1/2