CIDADES

29/10/2020  19:57:23

 

Contratos de aluguel residenciais sofrem escalada de aumentos

Por: da Redação

 

A escalada irreal de aumentos nos contratos residenciais de aluguel, anunciada pelo sindicato das imobiliárias, Secovi-SP, que em setembro mostrou 13, 02%, em outubro 17,94% e agora em novembro atinge absurdos 20,93%, fez a própria entidade sugerir que haja negociação com inquilinos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O valor do aluguel residencial de contratos em andamento, corrigido anualmente pelo Índice Geral de Preços (IGP-M), com vencimento em novembro (pagamento em dezembro), poderá ser aumentado em 20,93%. Em apoio à cobrança, o Secovi-SP afirma que, apesar da elevação do indicador nos últimos meses, a lei não obriga o reajuste. Porém, “É obrigatória a inserção de um índice de reajuste no contrato de locação. Entretanto, a aplicação ou não é uma prerrogativa do proprietário (locador). Caso contrário, o não pagamento por parte do inquilino será configurado como infração contratual”, defendeu Adriano Sartori, do Secovi-SP.
 

Diante de tais aumentos, a recomendação do próprio sindicato é negociar. “Locador e locatário podem chegar a um acordo que seja vantajoso para ambas as partes. Se o imóvel é ocupado por um bom inquilino, que sempre cumpriu em dia suas obrigações contratuais, o proprietário vai preferir negociar a ter de arcar com custos como condomínio e IPTU. E, ainda, ter de buscar um novo inquilino”, afirmou Sartori.
 
Na avaliação de Sartori, que saiu em defesa dos proprietários dos imóveis, boa parte dos locadores utiliza o valor obtido com o aluguel como renda familiar ou complemento de aposentadoria. “Muitas vezes, o locador não consegue dar desconto por um longo período, pois também precisa do valor. Assim, é importante que o inquilino negocie quando de fato necessite, ”, pressionou.

Negociações


O maior volume de negociação, segundo o Secovi-SP, ocorreu entre abril e agosto deste ano. O sindicato divulgou que sondagem realizada pela entidade com as imobiliárias da Rede Secovi de Imóveis mostrou que, em média, 50% dos inquilinos solicitaram a renegociação do aluguel entre os meses de abril e agosto de 2020.

“Os acordos continuam ocorrendo, apesar de ser em menor volume, tendo em vista que o comércio voltou a funcionar e alguns setores passaram a recontratar. Mas o descolamento do IGP-M pode ocasionar negociações mais restritas, relativas ao aumento provocado pelo reajuste”, disse Sartori.

O IGP-M é eleito como um dos principais indicadores para reajustes contratuais por ser divulgado ainda dentro do mês de referência.

Para chegar-se ao cálculo e atender às expectativas dos proprietários quanto ao valor do novo aluguel, o fator a ser utilizado, no caso, é de 1,2093. Um aluguel de R$ 1.500,00 que vigorou até outubro de 2020, teria o seu valor (R$ 1.500,00) multiplicado  por 1,2093, que resultaria em R$ 1.813,95 a ser pago em dezembro.


Confira os aumentos nos contratos
dos últimos meses

 

Contrato com aniversário em novembro/2020 e pagamento em dezembro/2020: 1,2093

Contrato com aniversário em outubro/2020 e pagamento em novembro/2020: 1,1794

 

Contrato com aniversário em setembro/2020 e pagamento em outubro/2020: 1,1302

 

Contrato com aniversário em agosto/2020 e pagamento em setembro/2020: 1,0927

 

Contrato com aniversário em julho/2020 e pagamento em agosto/2020: 1,0731

 

Contrato com aniversário em junho/2020 e pagamento em julho/2020: 1,0651

 

Contrato com aniversário em maio/2020 e pagamento em junho/2020: 1,0668

 

Contrato com aniversário em abril/2020 e pagamento em maio/2020: 1,0681

 

Contrato com aniversário em março/2020 e pagamento em abril/2020: 1,0682

 

Contrato com aniversário em fevereiro/2020 e pagamento em março/2020: 1,0781

 

Contrato com aniversário em janeiro/2020 e pagamento em fevereiro/2020: 1,0730

 

Contrato com aniversário em dezembro/2019 e pagamento em janeiro/2020: 1,0397

 

Contrato com aniversário em novembro/2019 e pagamento em dezembro/2019: 1,0315 

Arquivo

Diante de tais aumentos, a recomendação do próprio sindicato é negociar

PUBLICIDADE

destaque_2 (Rudi).jpg
Banner_França_-_145x240.jpg

Anuncie | Conheça a Folha do Condomínio | Fale Conosco | Cadastre-se
© Copyright 2009. Folha do Condomínio. Todos os direitos reservados
Artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da Folha do Condomínio OnLine