CIDADES

27/9/2020  09:17:17

                           

Casas construídas em fábrica e montadas nos canteiros de obra

Por: da Redação

 

A montagem das primeiras casas em woodframe em condomínio fechado no interior de São Paulo foi concluída nesta semana, Segundo a incorporadora, trata-se de um importante passo no desenvolvimento de um modelo de negócios inovador baseado na construção off-site – em que os imóveis são produzidos em fábrica para, em seguida, serem transportados para os canteiros de obra apenas para montagem e acabamento.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As casas incrementam o portfólio de produtos da construtora e incorporadora Tenda, que até agora estava focada exclusivamente no lançamento de empreendimentos verticais em regiões metropolitanas. Com o novo produto, a empresa pretende atender também as cidades médias do Brasil, mantendo o que acredita ser o seu diferencial de custo de obra competitivo, através da já comprovada abordagem industrial na construção civil.

 

Caso os planos sejam bem-sucedidos, a empresa pode atingir uma produção total de aproximadamente 60.000 unidades/ano, quase quatro vezes o seu tamanho atual (foram cerca de 18 mil unidades lançadas em 2019).

 

A iniciativa

 

Há dois anos estudando a construção off-site, a construtora dedicou, no final de 2019, uma equipe exclusivamente para a iniciativa. Após inúmeras rodadas de prototipagem em centro de inovação situado na região de Campinas, no Estado de São Paulo, a empresa definiu uma casa-modelo que seria referência para seus primeiros projetos-piloto.

 

“A definição de uma casa-modelo abre portas para acelerarmos a validação de diversos conceitos da construção off-site”, afirmou Rodrigo Osmo, Ceo da construtora e incorporadora. “Diferentes formatos de casas e tecnologias construtivas continuam sendo prototipados, mas, agora, podemos avaliar outros aspectos igualmente importantes e relacionados à construção off-site, como logística e montagem do produto no canteiro de obras”, destacou.

 

Conforme a companhia, o novo modelo de negócios está focado em viabilizar produtos de maior qualidade e mais acessíveis para as famílias que adquirem seu primeiro imóvel dentro do Programa Casa Verde e Amarela (PCVA), que pretende substituir o Minha Casa, Minha Vida, criado no governo Lula.


Ainda de acordo com Osmo, a casa-modelo utiliza tecnologia woodframe, amplamente aplicada em residências de alto padrão em países como Canadá, Estados Unidos, Japão, Alemanha e Suécia. “Mercados desenvolvidos utilizam woodframe no alto padrão, pois ele garante um conforto térmico e um isolamento acústico superiores ao que as tecnologias convencionais oferecem”, explicou o Ceo da Tenda.

 

A construtora acredita ser viável proporcionar as vantagens deste produto para o segmento da habitação popular, algo pouco usual no mundo. Para o Ceo, “o mercado de habitação popular brasileiro tem um tamanho expressivo e aceita bem a padronização de tipologias. Esses dois componentes são muito importantes para viabilizar uma operação industrial de larga escala e com ganhos de produtividade. Apostamos nesta combinação para oferecer um produto de qualidade superior a um preço acessível”.

 

A construção off-site em woodframe é transformacional em termos de impacto ambiental, com a tecnologia mais sustentável da construção. Diferente de outros insumos, como aço e concreto, que são emissores de carbono, a madeira sequestra carbono do meio ambiente para crescer. Além disso, a construção em fábrica reduz significativamente o volume de resíduos e o consumo de água nas obras.

Divulgação

A construção off-site em woodframe é transformacional em termos de impacto ambiental, com a tecnologia mais sustentável da construção

Banner_França_-_145x240.jpg

Anuncie | Conheça a Folha do Condomínio | Fale Conosco | Cadastre-se
© Copyright 2009. Folha do Condomínio. Todos os direitos reservados
Artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da Folha do Condomínio OnLine