BEM ESTAR

17/8/2021   08:58:23

 

 

Arquitetura, áreas de serviço, espaço, praticidade e pandemia

Por: da Redação

 

De cômodo com menos atenção, em um passado não muito distante, a área de serviço tem merecido protagonismo em projetos. Com a pandemia, a forma com que higienizávamos nossas residências, sapatos e peças de roupas teve que ser repensada, principalmente, ao voltar da rua. Isso fez com que os profissionais de arquitetura e moradores passassem a dar mais atenção a este espaço da casa, com ganho de visibilidade e relevância, diante da nova realidade em que vivemos.

 

Uma fabricante de louças e metais reuniu dicas para ajudar a planejar o ambiente de forma funcional, independentemente do tamanho da área de serviço, seja ela em uma espaçosa casa ou um pequeno apartamento. Acompanhe o que fazer:

 

Praticidade e espaço disponível

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Se existe um ponto importante e que deve ser levado em consideração em áreas destinadas aos afazeres domésticos, seja para lavar as roupas, acomodar as que serão passadas ou guardar produtos de limpeza, é a praticidade. Um erro muito comum ao projetar espaços como este é não fazer a devida medição da área.

 

Quando isso não acontece, o morador paga o erro das escolhas erradas: máquinas de lavar com medidas acima da área disponível, tanques pequenos ou grandes demais e falta de circulação. Por isso, o primeiro passo é avaliar espaço e decidir os itens que farão parte do cômodo.

 

Em linhas gerais, a área de serviço deve contar com máquina de lavar, tanque e, pelo menos, 50 cm de circulação. Segundo o novo Código de Obras e Edificações (COE 2017) é preciso “conter” um círculo de diâmetro de 90 cm, ou seja, deve ser possível desenhar um círculo no piso com essa medida.

 

Tanque


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por mais que a tecnologia das máquinas resolvam nossas vidas, sabemos que alguns itens que precisam do cuidado manual. Passe o tempo que passar, o tanque será sempre um item indispensável dentro da área de serviço.

 

Os modelos feitos em louça sanitária garantem maior durabilidade e resistência, além de oferecer facilidade para limpeza. Existem tamanhos capazes de adequar-se com perfeição às mais variadas proporções das casas brasileiras.

 

Metais

 

Outros itens de extrema relevância para a área de serviço por serem responsáveis pelas saídas de água são os metais, mais necessariamente as torneiras, que acompanham os tanques em dois modelos: parede e bica alta. O modelo de parede deve ser instalado a 30 cm de altura em relação ao tanque. Caso não tenha outra saída de água na lavanderia, prefira o modelo com saída para máquina de lavar roupas, assim não utilizará a saída de água convencional da torneira.

 

Móveis

 

Para finalizar nossa lista, não podemos deixar de falar da organização, um item primordial para todos os ambientes da casa, mas que nas áreas de serviço ganha um peso especial.

 

Em seu catálogo, a Incepa oferece o gabinete para o tanque PP com 75 cm de altura, 38 cm de largura e 39 de profundidade. Produzido em MDP para garantir maior durabilidade, a peça é essencial para otimizar o espaço em lavanderias pequenas de apartamentos e casas menores.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • https://www.linkedin.com/company/72259547/admin/

Divulgação

Arquitetura, áreas de serviço, espaço, praticidade e pandemia 1 (Divulgação).jpg

O primeiro passo é avaliar espaço e decidir os itens que farão parte do cômodo

Divulgação

Arquitetura, áreas de serviço, espaço, praticidade e pandemia (Divulgação).jpg

Peça é essencial para otimizar o espaço em lavanderias pequenas de apartamentos e casas menores

Banner_França_-_145x240.jpg
Banner Sicon - vertical.jpg