top of page

MERCADO

11/6/2024     11:15:34

 

 

Aluguel comercial registra maior alta mensal desde 2013

Por: da Redação

 

Tanto para locação quanto para venda, São Paulo aparece no topo do ranking. O valor médio de locação na capital paulista é de R$ 51,91/m² e de R$ 10.043/m² para venda, diz Fipe/Zap

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na avaliação do Grupo Sort, que atua no mercado imobiliário comercial e de investimentos, ao contrário dos Estados Unidos, que enfrentam uma crise nesse mercado, exacerbada pelo não retorno das empresas ao trabalho presencial e pelo aumento na taxa de juros – a maior dos últimos 22 anos -, no Brasil a realidade é bem diferente. Por aqui, o mercado imobiliário comercial brasileiro segue aquecido.

 

Relatório divulgado pela FipeZAp, referente a abril de 2024, aponta que o aluguel comercial registrou a maior alta mensal desde 2013 (+1,26%). Considerando a variação nos preços de venda, foi a maior desde janeiro de 2018 (+0,55%). Tanto para locação quanto para venda, São Paulo aparece no topo do ranking. O valor médio de locação na capital paulista é de R$ 51,91/m² e de R$ 10.043/m² para venda.

 

O aquecimento do mercado imobiliário comercial no Brasil pode ser atribuído ao crescimento expressivo no número de novas empresas registradas. No primeiro quadrimestre de 2024, foram abertas 1.456.958 empresas, o que representa um aumento de 26,5% em relação ao último quadrimestre de 2023 e um aumento de 9,2% quando comparado com o primeiro quadrimestre de 2023. Atualmente, o Brasil conta com um total de 21.738.420 empresas ativas, segundo dados do Sebrae. Este aumento na criação de empresas gera uma demanda constante por espaços comerciais, contribuindo para a valorização dos aluguéis e das propriedades comerciais.

 

Outro fator importante é que, no Brasil, ao contrário dos Estados Unidos onde o trabalho home office se manteve após a pandemia, 64% dos profissionais trabalham no modelo híbrido, 18% presencialmente e 18% de forma totalmente remota, de acordo com a pesquisa "Tendências e Perspectivas do Trabalho - Report WeWork LatAm 2023”.

 

"O modelo híbrido de trabalho, apesar de reduzir a necessidade de grandes espaços comerciais, tem sido compensado pelo crescimento de novas empresas, como startups e e-commerces. Isso mantém os valores dos alugueis comerciais em alta e por conta disto, o investimento em imóveis comerciais no Brasil continua sendo uma excelente oportunidade devido à alta rentabilidade", destaca o especialista em mercado imobiliário, Renato Monteiro.

 

O levantamento da FipeZap aponta ainda que a rentabilidade média do aluguel de imóveis comerciais no Brasil foi de 6,43% ao ano, superando a rentabilidade projetada para a locação de imóveis residenciais, que é de 5,86% ao ano, e também o retorno médio esperado de outras aplicações financeiras populares nos próximos 12 meses. 

 

“Isso significa que investir em imóveis comerciais gera lucro maior do que outros investimentos financeiros tradicionais, como poupança ou títulos do governo. Essa alta rentabilidade, aliada à demanda constante por espaços comerciais e uma taxa de juros em queda, torna o investimento em imóveis comerciais no Brasil uma escolha atraente e segura para investidores”, concluiu Monteiro.

Foto Rovena-Rosa- Ag. Brasil

Relatório divulgado pela FipeZAp, referente a abril de 2024, aponta que o aluguel comercial registrou a maior alta mensal desde 2013 (+1,26%)

PUBLICIDADE

Banner Dado 6.jpg
Banner Sicon - vertical.jpg
Banner Festa em Papel (135x250).jpg
bottom of page