BEM ESTAR

6/4/2020  10:33:22

 

Dicas para manter a residência segura em tempos de pandemia

Por: da Redação

 

“Fique em casa”: a máxima tem sido repetida com veemência nos noticiários. A melhor proteção contra o Covid-19 - vírus ainda sem vacina – são as medidas relacionadas ao distanciamento social e à higiene. Assim, como lavar as mãos com frequência (da forma ensinada pelos infectologistas), deve-se evitar tocar o rosto e usar álcool gel na impossibilidade do acesso à água e sabão para higienização das mãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Também é necessário voltar os olhos para a higienização da casa. Afinal, mesmo respeitando a recomendação da quarentena, muitas pessoas precisam sair para trabalhar, já que realizam serviços essenciais ou necessitam ir em supermercados e drogarias. Nessas ocasiões e sem os devidos cuidados, o vírus pode ser transportado para os ambientes.

 

Atentas aos cuidados, as arquitetas Pati Cillo, Karina Korn, e a designer de interiores Mariana Rodrigues relacionam medidas que consideram imprescindíveis para essa manutenção.

 

Residências sem casos suspeitos nem pessoas infectadas, a limpeza profunda pode ser realizada uma vez por semana. Para isso, o mais indicado é fazê-la utilizando luvas domésticas, que precisam ser lavadas com água e sabão logo após o processo. O mesmo cuidado deve ser usado para os panos e esponjas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para residências com moradores infectados, a higienização pede maior atenção. No cômodo onde o infectado está isolado, a limpeza deve ser feita por ele próprio, evitando o contágio das outras pessoas. Assim, todas as superfícies devem ser limpas diariamente.

 

Mudança de rotina e novos cuidados em casa

 

(Se for imprescindível)  Ao sair de casa, tirar o sapato deve ser a primeira medida ao retornar. “Uma dica é manter um cesto ou uma caixa na porta de casa. Assim, o calçado pode ser colocado lá dentro, evitando o contato com o chão. Para improvisar, você pode escolher um revisteiro ou até mesmo uma bacia”, sugeriu Cillo.

 

Rodrigues relata sua rotina: “assim que tiro os sapatos, uso um borrifador com álcool ou produto de limpeza direto no solado. Em casa, tenho um calcado único para circular dentro dos ambientes e outro para ir à rua”.

Korn também destaca as residências com pets de estimação. Para quem precisa sair com o cachorro para passear, é essencial limpar as patas com água e sabão, não se esquecendo do focinho, já que os cães têm por natureza o hábito de farejar o chão. “Quem mora em apartamento, pode fazer a higiene dos pets com um pano, logo no hall de entrada do imóvel. Em casa, a oportunidade de lavar no quintal é perfeita”, contou.

 

Produtos de limpeza

 

Como a transmissão por superfícies é muito comum, bancadas, mesas e escrivaninhas precisam estar sempre limpas, ainda mais para quem está trabalhando de casa. É importante saber quais os produtos que agem contra o Coronavírus:

 

Água sanitária;

Desinfetantes em geral;

Limpadores multiuso com cloro;

Limpadores multiuso com álcool;

Álcool de limpeza (líquido, com concentração entre 60% e 80%);

Detergente e sabão.

 

Ciente dos materiais eficazes, vale lembrar em quais superfícies podem ser aplicados sem correr o risco de danificar a casa, por exemplo. “Pedras naturais, como o mármore, devem ser limpas apenas com água e detergente, para não correr o risco de estragar. O porcelanato também deve ser limpo com água e detergente, porém, se aplicado no piso, indico passar um pano com álcool para finalizar a limpeza”, orientou a arquiteta Cillo.

 

Tudo que chegar da rua também deve ser higienizado imediatamente – incluindo as compras de supermercado. “Com um pano multiuso, uso produtos para limpar as embalagens que não podem ser lavadas. Do mais, levo tudo para debaixo da torneira e descarto as embalagens antes mesmo antes de entrar em casa”, revelou a arquiteta Korn.

 

As roupas usadas na rua precisam ser tiradas imediatamente e colocadas dentro de um saco ou balde. “É preciso deixar separado em uma sacola até o manuseio. O mais indicado é colocar na máquina de lavar imediatamente”, explicou Cillo.

 

O banheiro merece atenção especial e quem traz a dica de limpeza é a designer de interiores Rodrigues. “Por si só, o ambiente já é uma área que demanda limpeza frequente e organização. Assim, sou adepta do cloro para higienização, inclusive, em louças sanitárias e áreas do box”.

 

Confira outras dicas importantes para evitar o contágio:

 

Dê preferência aos serviços de entrega em casa;

 

​Os itens que saíram com você, como chave, carteira ou bolsa, devem ficar logo na entrada e também devem ser higienizados. Se não há um hall de entrada ou um aparador, improvise uma caixa para deixar os pertences próximos à porta de entrada;

Os itens que foram para a rua, mas são necessários dentro de casa, como celular ou óculos, pedem higienização logo que adentrar a residência;

Retire almofadas, mantas e itens desnecessários que podem acumular sujeira e não precisam ficar expostos durante a pandemia;

Não armazene nada dentro dos armários ou geladeira sem limpar com água e sabão previamente.

Banco de imagens (Divulgação)

(Se for imprescindível)  Ao sair de casa, tirar o calçado deve ser a primeira medida ao retornar

Pixabay (Divulgação)

Para quem precisa sair com o cachorro para passear, é essencial limpar as patas com água e sabão, não se esquecendo do focinho

PUBLICIDADE

Banner Empreiteira FM 1 (420x240).jpg

PUBLICIDADE

Banner_Santana_-_Serviços_Tercerizados.j
Banner_França_-_145x240.jpg

Anuncie | Conheça a Folha do Condomínio | Fale Conosco | Cadastre-se
© Copyright 2009. Folha do Condomínio. Todos os direitos reservados
Artigos assinados não refletem necessariamente a opinião da Folha do Condomínio OnLine