MERCADO

20/5/2021  10:05:07

 

 

Sindicato das imobiliárias de SP espera alta do aluguel

Por: Rudi Gonçalves

Revelação foi feita pelo vice-presidente do Secovi-SP, Adriano Sartori, em relação ao segundo semestre.

 

Defensor da manutenção do IGP-M para o reajuste anual dos contratos de locação residenciais no País, apesar de muito acima da inflação oficial, o Secovi/SP, sindicato do mercado imobiliário no Estado, anunciou o alto percentual de 12 meses do IGP-M, em abril, de 32,02%, para sugerir que o aumento de 2,91% nos aluguéis novos foi pouco. Na realidade, em circunstâncias da crise provocada pela pandemia, o que a entidade não comenta é que, nos casos dos imóveis colocados para locação residencial, o que define sua variação de valor é a lei de procura e oferta.

EVOLUÇÃO DO VALOR MÉDIO DE LOCAÇÃO RESIDENCIAL
Número Índice (base 100) = dezembro/2004

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sem relação direta com a inflação oficial, o IGP-M é utilizado pelo mercado imobiliário para remunerar o setor. Para o Secovi/SP, o aumento do valor dos aluguéis novos, revelado em sua pesquisa mensal - entre maio de 2020 e abril de 2021 – poderia ser maior. A questão explorada pela entidade das imobiliárias é de que o percentual foi bem abaixo do Índice Geral  de Preços - Mercado (IGP-M) em igual período.

 

No entanto, Adriano Sartori, responsável pela área de Gestão Patrimonial e de Locação do Secovi/SP, para motivar os donos de imóveis de locação, clientes das imobiliárias, especula que as novas locações terão aumento maior em seus valores no segundo semestre.

 

Como justificativa de sua expectativa, o sindicato divulgou que em abril, o valor médio dos contratos novos de locação residencial fechados na cidade de São Paulo teve queda de – 0,50% em relação ao mês anterior (março).
 
“Apesar da variação negativa, pontualmente, neste mês, existe uma perspectiva de melhora na variação do acumulado, projetando uma boa expectativa para o mercado de locação residencial no segundo semestre”, defendeu Sartori, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP.

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • https://www.linkedin.com/company/72259547/admin/

Fonte: Secovi/SP

Sindicato das imobiliárias de SP espera

O sindicato divulgou que em abril, o valor médio dos contratos novos de locação residencial fechados na cidade de São Paulo teve queda de – 0,50% em relação ao mês anterior (março)